Resenha // Jogo de Amor em Eleonor de Ana Luiza Medeiros

08:04:00


Na cidade interiorana de Eleonor do Norte, o campus de uma
das Universidades mais importantes do país é o centro de todos os acontecimentos.  Além dos alojamentos, universitários e corpo docente estão espalhados pela pequena Eleonor, onde amizades são forjadas todos os dias e amores são vividos intensamente.
E é na balada mais esperada do ano que Linda, uma caloura que acaba de finalizar seu primeiro ano no curso de Jornalismo, se encontra no meio de um jogo de verdade e/ou desafio com pessoas que jamais sequer sonhou em considerar seus amigos.
Uma princesa pronta para assumir o trono da república mais desejada da cidade, uma rebelde com causa, um estrangeiro cheio de brasilidade, e um aluno nota 10 com talento para jogatina e confusão.
Jogos de azar nunca foram seu forte, mas há uma chance de que a tímida e inocente Linda decida apostar todas as suas fichas nesse charmoso grupo de perdedores. Ao final desse jogo, Linda nunca mais será a mesma, e tampouco será Eleonor!
E você, está com sorte hoje?
Título: Jogo de Amor em Eleonor
Autora: Ana Luiza Medeiros
Páginas: 360 Nota: 4.7/5.0 (muito bom)
Editora: eBook Kindle
ISBN: B076NVY5VS
Skoob // Comprar // Kindle Unlimited


        Linda se encontra em seu último dia do primeiro semestre da faculdade de Jornalismo numa universidade localizada em Eleonor do Norte, uma cidade universitária. O gosto por leitura e ter passado o último ano enfiada nos livros não a torna uma personagem antissocial ou tímida, pelo menos foi o que pude notar. No entanto, um acordo entre ela e sua mãe faz Linda, em cima do dia, resolver participar da última atividade social da faculdade para poder voltar com pelo menos um pouco de história emocionante para dividir com ela e é aí, já no início do livro, que a minha relação com essa turma começou. 

Com uma personagem jovem e humorada somos levados em uma narrativa em primeira pessoa, podendo assim olhar todo o cenário e os fatos pelos olhos de Linda. Não só ela como os demais personagens possui personalidades e características bem humanas e livros assim, com atitudes coerentes não só as próprias personalidades, mas ao mundo real, conseguem ganhar pontos comigo. Mais abaixo irei falar especialmente sobre eles. Outra coisa que me agradou bastante e tenho certeza que é uma característica querida entre muitos leitores é que Jogo de Amor em Eleonor não é uma história arrastada.

Mesmo não sendo uma garota que gosta de sair a Linda não faz a linha "coitada" ou mesmo que se importa de chegar a um lugar sozinha. Eu realmente gostei disso porque pude aprender e me empolgar junto com ela em determinados momentos. Se a mesma não tivesse resolvido pôr o pé para fora do alojamento não teria tido todas as oportunidades de se divertir e conhecer pessoas. A escrita também foi algo que me fez querer entrevistar a autora por várias vezes. É muito madura e própria e isso também foi inspirador para mim já que escrevo lá no Wattpad. Ler todo um livro sem encontrar características de narrativas clichês (tanto ao descrever movimentos como as sensações) me motivou a encontrar a minha própria técnica e característica. A escrita da Ana Luiza Medeiros deu vida a toda a obra de um jeito geral.

        Voltando um pouco para a estória, a Linda que é o nosso ângulo de visão, se encontra em uma confraternização entre alguns alunos e professores e de um jeito nada enrolativo e bem normal ela conhece o Davi, um rapaz que cursa Economia (diferente né?) e ele pede uma carona até o Castelo. Questão: ela nunca sequer o viu na vida, tem um carro ou mesmo conhece o tal Castelo. Com apenas cinco palavras trocadas o Davi consegue carona para os dois e ao chegar lá cada um segue seu rumo buscando se divertir na festa mais famosa e de lei da cidade universitária de Eleonor do Norte. Vagando pela casa, procurando por um banheiro e fugindo de uma briga eles dois e mais três jovens acabam reunidos em um único cômodo. Pausa para mais uma vez eu destacar a originalidade desse acontecimento! E é aí, ainda nas primeiras páginas, que eu me senti parte desse Jogo de Amor em Eleonor e só percebi quando o livro acabou. 


        Em Jogo de Amor em Eleonor você poderá driblar aqueles clássicos personagens já montados entre outras trezentas obras como, mocinha em defesa, badboy misterioso, encontros que eram para ser casuais, mas não são, etc, etc. Essa leitura foi uma experiência muito diferente para mim e eu aprendi até mesmo a ter outro olhar para poder fazer a resenha de um livro. Como a história é contada em primeira pessoa, eu como leitora, só fiquei a par daquilo que Linda sabia e sentia. Jogo de Amor em Eleanor não é sobre um romance com um cara, mas aborda algo ainda mais profundo que o amor a dois: a amizade. E isso de certa forma é tocante. A obra contém personagens que conseguem se destacar mesmo não tendo suas vidas narradas por 365 dias.

Permita-me destacar algo aqui:

Alguém aí já leu Um Dia do David Nicholls? Pois bem. Jogo de Amor em Eleonor já se inicia no final do primeiro semestre onde conhecemos os personagens e o tal jogo e em certo momento a história é cortada para o segundo ano e depois para o terceiro, assim até o último ano de Linda, Davi, Elena, Marisa e River (o intercambista). Porém, diferente de Um Dia eu não me senti excluída da história e nem senti falta dos dias anteriores do ano, já que a escrita da Ana L. Medeiros soube usar cada personagem para não deixar o leitor sentir falta daquele famoso algo. Isso nos dá a oportunidade de acompanhar os personagens amadurecendo e sou grata ao cuidado da escritora em não tornar essa mudança muito radical em pouco tempo. São coisas sutis.

Enfim, o famoso the and chegou e eu quase chorei porque eu realmente senti saudades dos personagens. Eu me sentia parte da turma. A última vez que me senti assim foi lendo Hush Hush e Fazendo Meu Filme e advinha? Eram séries. De 4 livros! Jogo de Amor em Eleonor é apenas um de 360 páginas. Me senti muito à vontade e envolvida. Detalhes: você que, assim como eu, ama arriscar um inglês de vez em sempre vai gostar também.


        Sobre os personagens, temos o River, um brit boy (garoto britânico) que está fazendo intercâmbio na mesma faculdade. Ele é amigo do Davi e por consequência do jogo entre os cinco, ele se torna amigo das outras três garotas. A Helena foi uma das que me identifiquei, não só fisicamente (oi cachos) como um pouco da sua personalidade. Ela é bem direta e sincera. Tirando isso é uma garota que sabe o que quer e não aceita que determinem até onde ela pode ir. O Davi é o personagem que traz mistério ao livro. Mas lembra do que citei lá em cima? Pois bem, a autora conseguiu torná-lo misterioso pelo olhar da Linda. Pelo modo como ela o via, já que o mesmo é bastante reservado com relação a assuntos pessoais. Então esqueça aquelas descrições como "cabelos e olhos negros, botas pesadas e um ar dominador". O Davi é um rapaz bem normal, mas o que o faz ser especial é a sua história com a Lena (romance) e a forma responsável que ele leva a vida, entre outras informações que recebemos. Ele é uma inspiração de pessoa e muito independente apesar de tudo que já lhe aconteceu. 

Estranhei de um jeito legal e fiquei ainda mais animada para dar continuação a leitura a cada vez que um deles reagia de forma bem humana e passava longe daquelas atitudes previsíveis que vemos em outros personagens. Acredito eu que um leitor pode gostar de um livro por dois motivos: encontrar a fantasia que não existe em seu mundo ou se deparar com a realidade a ponto de lhe fazer se identificar. Jogo de Amor em Eleanor me lembrou um Young Adult, onde, apesar de temas um pouco juvenil o livro já traz uma carga mais madura. Independência, busca por realização, universidade e uma liberdade maior (que não é encontrada em livros de gêneros para uma faixa etária menor) e que precisa ser administrada e aproveitada com sabedoria.

Eu gostei muito desse ar universitário. De saber um pouco sobre a vida na faculdade (dormitórios, provas, a dificuldade e motivação). A Linda cursa Jornalismo e isso é uma opção futura para mim. O Davi foi bem original ao escolher Economia, um curso que eu nem cheguei a imaginar. A Helena está estudando Literatura Estrangeira e o David Relações Internacionais. Aproveitando que a autora é nacional acho que vou enviar cartinhas pedindo por uma sequência de volumes narrando a história deles daqui para a frente ~porque eu preciso muiiiiito~!



Obrigada pela visita, queridos.
É nóis, Turma!

Siga-me nas redes sociais.
Instagram // Twitter // FanPage // Skoob

Você pode gostar desses

19 comentários

  1. Ahhh esse livro é a minha cara!!!!
    Já li vários livros parecidos com esse e amei todos, com certeza vou colocar esse na wishlist. Adoro esse ambiente universitário.
    A resenha ficou ótima, muito bem detalhada!!
    Bjs

    https://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara,
      É um livro bem legal de ser lido, mas me indica esses ai que você leu, tá? Quero ler tbem! kkk
      Obrigada pela visita e espero de vdd que goste! ❥

      Excluir
  2. Amo, ler resenhas de livros que eu tenho no kindle e ainda não li, porque me ajudar a passar eles na frente ou não. Nesse caso fiquei numa mega dúvida porque não li nenhum da lista de livros de referência que você colocou. Claro que lendo sua resenha, todos os clichês que nós podemos "fugir" porque mais do mesmo cansa, bastante foram um motivo bem forte pra sim ler! Obrigada pela resenha linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, obrigada pela visita! <3 😻
      Se você ver que é um livro que gostaria de ler no momento, leia. Mas as vezes estamos focados em outras leituras e nesse caso o melhor é esperar e gostar, do que se adiantar e acabar não agradando, não é mesmo? rsrs

      Tenha boas leituras. ♥ ♥

      Excluir
  3. Oiie. Eu amo livros que são diferentes do que estou acostumada porque eles sempre me surpreendem. Gosto ainda mais de personagens bem humoradas que conseguem se manter firmes nas dificuldades. Ainda não conhecia esse livro, mas amei saber um pouco mais dele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Xará, fico contente que tenha gostado da dica. ♥ ♥

      Excluir
  4. Olá!
    Eu sou fã de tramas ambientadas em universidades pelo mesmo motivo que você mencionou, é um cotidiano que vir a ser o meu. O enredo não linear também chama minha atenção, assim como a história me lembrou um pouco do filme O Clube dos 5.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Melhor coisa dos nacionais é que realmente temos a liberdade de pedir mais, normalmente somos ouvidos rsrs.
    Achei bem fofo e tocante como vc colocou o livro, deu pra sentir que é jovem e bem verdadeiro :)

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oieee,
    Resenha fantástica!
    Primeira vez que ouço sobre a autora e já coloquei ela na minha lista de desejados aqui do Kindle, gostei da capa e sobretudo da sinopse, sem contar com a questão de "não ser mais do mesmo" em romances universitários!

    ResponderExcluir
  7. Oi Jessica! Que resenha mais lindaaaaaa! Eu não estou mais na vibe de romances, mas este já foi um dos meus gêneros favoritos. Pretendo ler mais livros esse ano e voltar a suspirar e sentir o coração quentinho. Adorei a premissa dessa história e a sua resenha, acredito que vai cumprir com o que eu quero. Já adicionei aqui na minha lista de desejados, fiquei com muita vontade de ler. Obrigada pela indicação, amei <3

    abducaoliteraria.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Oiee
    Que resenha maravilhosa, adoro livros assim que tem essa parte universitária, e amei a capa (esse all star maravilhoso kk) e a sinopse, faz bem o meu estilo, então tenho quase certeza que eu iria amar ler esse livro, já quero kkk QUe bom que curtiu a resenha
    Bjos,Bya! 💋

    ResponderExcluir
  9. Esse è aquele livro pra descontrair depois de ter lido aquele livro com drama muito intenso ou terror muito pesado.
    Eu adorei a resenha vc conseguiu passar com detalhes como a história parece ser divertida, nunca tinha ouvido falar mas já fiquei curiosa bjs

    ResponderExcluir
  10. Oii, que resenha maravilhosa! Adoro leituras que trazem ao fundo a temática da faculdade, personagens cativantes e bem humorados. Sem dúvidas uma leitura leve e deliciosa ideal para curar ressacas.
    Já anotei a dica!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Jessica, amei sua resenha! Adoro quando o livro surpreende! Tenho lido muitos nacionais assim, com uma escrita gostosa e sem aquela “pegada” previsível! Adorei o fato de não ser sobre um cara e sim sobre amizade, da personagem principal ser forte !

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Esse livro parece o tipo de obra que me cativa. A premissa é ótima, parece um livro adolescente, e saber que a leitura não é arrastada me ganhou!
    Adorei a resenha.

    Beijos, Ally.
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  13. Olá.
    Esse livro parece ser daqueles bem gostosinhos de se ler e me impressionou o quanto gostou do livro e o elogiou, realmente deu aquela vontade de ler.
    Parabéns pela resenha.
    xoxo

    ResponderExcluir
  14. Adoro resenhas de livros que comprei e ainda não li!
    Vou no meu kindle agora colocar na lista pra ler, como uma história leve pra maratona. Por que uma boa indicação é um tesouro precioso na hora de passar na frente da lista não é mesmo? Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  15. Olá querida Jessie!

    Primeiramente parabéns pelo site, é uma graça!

    Gostaria de te dar os parabéns pela linda resenha, dizer que fiquei muito feliz com tudo o que você escreveu, e mais feliz ainda que tenha gostado tanto da leitura.
    São leitores assim como você que me ajudam a manter o amor pela literatura vivo e pulsante.

    Muito obrigada pela divulgação e indicação aos seus leitores.

    Com amor, Ana Luiza Medeiros.

    Ps; Você já teve oportunidade de ler meu outro romance? Se chama MINHA LISTA DE COISAS PARA VIVER, e também está disponível no kindle. E esse ano tem novidade chegando!

    Ps2; Uma sequência para JOGO DE AMOR EM ELEONOR? Hum... Maybe. ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana,
      É um prazer saber que passou por aqui para ler a minha resenha e por ter gostado!! Obrigada por esse retorno. De verdade! Ainda não li "Minha Lista de Coisas Para Viver", mas vou procurá-lo! Sobre a continuação: não me dá esperanças porque eu quero mesmo essa sequência, hahaha! Please. <3

      Excluir

Mais Lidos

Twitter